Cartas Semanais

Todas as semanas, produzimos uma carta informativa que fornece uma análise dos desenvolvimentos contemporâneos e das lutas e conflitos do nosso tempo, destaca as nossas publicações lançadas e oferece uma janela para o trabalho de intelectuais e institutos de investigação de esquerda em todo o mundo.

Maio / 2024

Na África, eles gritam “Fora, França!” | Carta semanal 19 (2024)

A França há muito procura minar a soberania africana, desde as lutas de libertação nacional do século XX até aos dias de hoje. Mas a África não tolerou o domínio francês no passado, nem o fará agora. Esta carta semanal procura compreender melhor a onda de golpes de Estado no Sahel e o fervor pela soberania africana na região.
Ler maisBaixar PDF

Os estudantes não tolerarão a hipocrisia | Carta semanal 18 (2024)

Das universidades aos movimentos populares em todo o mundo, os jovens estão lutando contra a cumplicidade ao genocídio dos palestinos cometido por Israel, erguendo acampamentos e enfrentando a repressão com resiliência. Esta resistência está enraizada numa longa tradição, do movimento contra o apartheid na África do Sul até ao Movimento Quatro de Maio da China.
Ler maisBaixar PDF

Arquivo

Os ninguéns valem mais do que a bala que os mata | Carta semanal 9 (2024)

Em 20 de Fevereiro, quando os assassinatos em Gaza atingiram quase 30 mil e o governo dos EUA tentou enviar 14 bilhões de dólares em ajuda militar a Israel, a Embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, Linda Thomas-Greenfield, vetou uma resolução apresentada pela Argélia para um cessar-fogo em Gaza. Foi pedido a Amar Bendjama que adiasse a resolução, mas seu país se recusou. “O silêncio não é uma opção viável”, disse. “Agora é a hora da ação e da verdade”. Desde 1988, 27 dos 33 vetos que os EUA exerceram foram em defesa das ações de Israel contra os palestinos.
Ler maisBaixar PDF

Se eu entender o mundo, posso me mobilizar para mudá-lo | Carta semanal 8 (2024)

Em dezembro de 2023, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou um relatório que mostra que, desde 2018, a alfabetização em leitura e matemática diminuiu entre os estudantes de todo o mundo. O declínio pode “ser atribuído apenas parcialmente à pandemia de Covid-19”, observaram. O apoio de professores e pais diminuiu ao longo dos últimos cinquenta anos devido a regimes de austeridade que foram impostos à maioria das sociedades do mundo. Mas muitos, como o Movimento Científico Popular em Karnataka, na Índia, continuam a encontrar formas inovadoras de levar a aprendizagem científica a milhões de crianças.
Ler maisBaixar PDF

Há um amanhecer no planeta, visto por todos os lados | Carta semanal 6 (2024)

Este mês de Fevereiro marca o 25º aniversário da Revolução Bolivariana da Venezuela, quando Hugo Chávez tomou posse em 1999. Em 2024, a Venezuela realizará suas sextas eleições gerais desde então. Os EUA já começaram a deslegitimar o pleito e a desestabilizar o país com a imposição de novas sanções. Tais medidas são ilegais porque são unilaterais e violam a Carta das Nações Unidas. Como afirmou recentemente um responsável dos EUA, Washington acredita ser “a polícia do mundo”.
Ler maisBaixar PDF