EDITAL 001/2021

OBSERVATÓRIO DO CAPITALISMO CONTEMPORÂNEO

 

O Instituto Tricontinental de Pesquisa Social, por meio deste edital, torna pública a abertura de inscrições para premiação de pesquisas, com o objetivo de incentivar a produção de trabalhos originais, desenvolvidos a partir do Observatório do Capitalismo Contemporâneo, investindo em análises mais profundas relacionadas às mudanças na economia e política mundiais e seus impactos sobre a classe trabalhadora, em especial, nos países do Sul Global.

I – Da Finalidade e Objeto desta Seleção

1.1. Premiar 4 (quatro) projetos de pesquisas de um dos temas abaixo discriminados, para serem realizadas investigações, coleta de dados e sistematização em relatórios, participação em debates e apresentações orais, de modo remoto, por um período de 4 meses, após a seleção das propostas.

1.2. Serão selecionadas propostas que discorram sobre os seguintes temas:

a) Os impactos da desindustrialização, reprimarização e financeirização na estrutura produtiva no Sul Global e as alternativas a esse modelo.

Ementa: Os impactos distintos na estrutura produtiva dos países, que culminaram no prolongado processo de desindustrialização e reprimarização por um lado, e no crescimento industrial voltado para o atendimento da dinâmica global em outros países. Ambos processos foram hegemonizados pela dinâmica de financeirização global e sua política neoliberal. Frente a pandemia da Covid-19 que ampliou os efeitos da crise global iniciada em 2008, expondo os limites da organização global da produção, o debate sobre a regionalização das cadeias de produção tem sido mais constante. Quais são as alternativas para os países do Sul Global que apontem para um processo autônomo de desenvolvimento nesse período? Debates como a renacionalização, desprivatização e formas que possam controlar o processo de financeirização são elementos que devem ser explorados.

b) As transformações no mundo do trabalho e sindical e suas alternativas.

Ementa: Identificar os principais aspectos que contribuem para o novo condicionamento e reconfiguração do mundo do trabalho sob o modo de produção capitalista neste primeiro terço do século 21. Temas gerais como os impactos da organização do trabalho na inserção subordinada da América Latina e Brasil na Divisão Internacional do Trabalho; sua organização na era digital; as transformações de sua participação nos setores, como a queda na indústria e crescimento no setor de comércio e serviços; o novo perfil da classe trabalhadora, distribuição etária, por raça/etnia e gênero, por subsetores, forma de contratação;  os sindicatos e os velhos e novos desafios para organização dos trabalhadores; as restrições da greve no Brasil e a atuação do Poder Judiciário. Quais são as alternativas de organização da classe trabalhadora hoje; a reorganização do papel dos sindicatos e a relação com o Estado; o exercício do direito à greve.

1.3. As atividades investigativas serão desenvolvidas segundo a proposta do plano de trabalho, incluída no projeto enviado (apresentada pelo candidato – ver modelo no Anexo A) e de acordo com o seguinte cronograma:

Lançamento da chamada pública: 05 de julho de 2022

Período de Inscrições: 05 de julho à 05 de outubro

Avaliação dos Candidatos: 10 à 14 de outubro

Divulgação das propostas selecionadas: 17 de outubro

Desenvolvimento da Pesquisa: novembro à fevereiro de 2023

Divulgação de relatórios: fevereiro de 2023

1.4. As propostas encaminhadas para avaliação deverão ser inéditas e explicitar aspectos de abordagens inovadoras sobre o tema indicados previamente no projeto.

1.5. Os direitos de publicação e exploração dos aspectos da pesquisa no todo ou em parte deverão ser cedidos sem ônus pelo prazo de 1 (um) ano pelo autor vencedor a contar da data da publicação do resultado com exclusividade para o Instituto Tricontinental.

1.5. Dentro do prazo estabelecido, os selecionados deverão disponibilizar tempo para levantamento de dados, sistematização de análises e participação em encontros e seminários de apresentação e exposição do artigo final.

1.6. Os selecionados, ao término do contrato, deverão apresentar o relatório final dos trabalhos desenvolvidos, contendo a descrição do conteúdo e um artigo ou ensaio, em formato de publicação acadêmica, de acordo com as normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), entre 15 (quinze) e 30 (trinta) páginas, dando conta do resultado final de sua pesquisa. Os documentos devem ser apresentados em formato digital, visando possível publicação pelo Instituto Tricontinental, em meio impresso e/ou digital, em um de seus periódicos ou em livro, como parte de coletânea de textos.

1.7. Excepcionalmente, atividades que não estejam previstas podem ser convocadas desde que em comum acordo entre a coordenação do projeto e o (a) premiado (a).

 

II – Das Inscrições

2.1 O período de inscrições será do dia 05 de julho de 2022 até às 18 horas do dia 05 de outubro de 2022, podendo ser prorrogadas apenas segundo determinação da comissão julgadora e readequação do cronograma de atividades apresentada pela coordenação do projeto.

2.2. Todas as inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo envio do projeto por correio eletrônico brasil@thetricontinental.org, com o assunto da mensagem identificado como “Candidatura para o Edital n.01/2022”,

2.3 Só serão validadas as inscrições que preencherem todos os itens do projeto e concordar com as regras preestabelecidas.

 

III – Do Processo Seletivo

3.1. O Instituto Tricontinental formará uma Banca Examinadora exclusiva para este processo seletivo, composta por três membros integrantes da coordenação e do conselho político do Instituto.

3.2. A Banca Examinadora não possui a obrigação de selecionar um número mínimo de projetos, podendo oferecer um número menor de prêmios ou nenhum, caso considere que as propostas apresentadas não estão de acordo com os objetivos deste edital, sejam inexequíveis ou de qualidade inferior a esperada.

3.3. São critérios para avaliação das propostas pela Banca Examinadora:

1. Adequação ao tema

2. Metodologia

3. Proposta

3.4. Todos os candidatos/as serão notificados por e-mail a respeito da seleção e dos resultados apresentados.

 

IV – Do subsídio para a pesquisa

4.1 A partir do roteiro proposto, o Instituto Tricontinental disponibilizará uma bolsa de pesquisa para subsidiar a dedicação à investigação; apresentação da análise sobre a temática abordada, que possam oferecer elementos para o estudo, o debate e a construção de uma agenda sobre o tema a partir do ponto de vista democrático e popular.

4.2. Os prêmios serão distribuídos da seguinte forma:

a) Três (3) prêmios para coletivos pesquisadores/pesquisadoras de movimentos populares com no mínimo 3 pessoas, no valor total de R$ 5.000 (cinco mil reais) cada coletivo.

b) Um (1) prêmio para pesquisador/a individual no valor de R$ 4.000 (quatro mil reais).

4.3. O pagamento dos prêmios será dividido em duas partes, sendo a primeira no término do primeiro mês, ao concluir o Plano de Trabalho, e a segunda parte ao término do contrato e entrega dos produtos estabelecidos no ponto 1.6.

4.4. Não haverá qualquer vínculo empregatício entre o laureado e o Instituto  Tricontinental, de modo que o vínculo formal se dará apenas no cumprimento dos  itens deste edital.

4.5. Caso julgue necessário, o Instituto Tricontinental pode apontar inconsistências e solicitar revisão do artigo ou ensaio, restabelecendo um novo cronograma de entrega e premiação em comum acordo com o premiado/a.

4.6. O Instituto Tricontinental se resguarda no direito de não efetuar o pagamento do prêmio caso o candidato/a candidata não cumpra o cronograma de atividades apresentado neste edital.

 

V- Das disposições gerais

5.1. Os laureados/as deverão desenvolver o seu plano de trabalho em conjunto com a coordenação do Instituto Tricontinental por ocasião do desenvolvimento das atividades previstas neste edital de pesquisa, com as propostas relacionadas ao projeto de pesquisa aprovado neste processo seletivo.

5.2.  Não será admitido pedido de revisão de qualquer das Fases do Processo Seletivo.

5.3. Todos os direitos autorais e o uso posterior dos estudos pertencem ao Instituto Tricontinental de Pesquisa Social, sempre com menção ao responsável pela pesquisa.

5.4. Os casos omissos serão decididos primeiramente pela Banca Examinadora para o processamento da Seleção, podendo esta recorrer à Direção do Instituto Tricontinental em caso de dúvida.

 

São Paulo, 05 de julho de 2022.

 

 

ANEXO A

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE COLETIVO DE PESQUISADORES E PESQUISADORAS DE MOVIMENTOS POPULARES AO INSTITUTO TRICONTINENTAL DE PESQUISA SOCIAL:

 

1.DADOS DO RESPONSÁVEL PELO PROJETO

Nome:

CPF:

Endereço:

Telefone:

E-mail:

Site:

 

2. BREVE APRESENTAÇÃO DO MOVIMENTO

Máximo de uma página

 

3. DESCRIÇÃO DO PROJETO

3.1. Problema da pesquisa

3.2. Justificativa

3.3. Objetivo Geral

3.4. Objetivo (s) específico (s)

3.5. Referências teóricas e bibliográficas para a execução

3.6. Metodologia proposta

3.7. Cronograma das atividades previstas

 

ANEXO A

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO INDIVIDUAL AO INSTITUTO TRICONTINENTAL DE PESQUISA SOCIAL

1. DADOS DO PROPONENTE

Nome:

CPF:

Endereço:

Telefone:

E-mail:

Site:

 

2. BREVE MEMORIAL QUE DEMONSTRE EXPERIÊNCIA PARA REALIZAÇÃO

Máximo de uma página

 

3. DESCRIÇÃO DO PROJETO

3.1. Problema da pesquisa

3.2. Justificativa

3.3. Objetivo Geral

3.4. Objetivo (s) específico (s)

3.5. Referências teóricas e bibliográficas para a execução

3.6. Metodologia proposta

3.7. Cronograma das atividades previstas